De carla cascao a 18 de Abril de 2008 às 21:06
Por vezes apetece chorar quando só se pode rir.
Engolir sentimentos,quando estão á flor da pele...
As luzes brilham, o barulho é insuportável e só apetece fugir para bem longe,onde nada nem ninguém encontre onde se está...
Ouvem-se os cânticos, por algum tempo o esquecimento acontece,naquele instante,um anjo guia os passos de algo mágico e inesquecível, fez o que devia ser feito,as palavras surgiam desvairadas,todos os que ali estavam ficaram embevecidos,afinal não estava acabado,aqueles que criticavam que já não tinha o brilho de autrora,outros que achavam que estava acabado,provou naquela noite que era alguém que merecia pertencer ao patamar dos talentos,naquele instante reparou numa personagem que tremia tanto que não conseguia articular um som sequer... Aproximou-se e disse "Guia-te pelos Anjos",assim foi... O que prometia ser uma noite como outra qualquer,a magia aconteceu e por momentos todos que ali estavam perceberam que havia por ali alguém que iria brilhar até ao infinito....

Espero que gostem do texto
Beijocas para as "Anjas" e restante pessoal
Fiquem bem
Durmam com os Anjos
Carla Cascão


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.